Análise de Mercado

17 de janeiro de 2020
Visão geral 

 

A partir de então os fechamentos ficaram escassos, movimento que perdurou por toda a semana, com Compradores realizando somente o estritamente necessário para não secar as bases.  Usinas mantiveram as pedidas nos mesmos níveis do fim da semana anterior, em geral na R$ 2,55/litro EX-WORKS na região de Ribeirão Preto como referencial, com fechamentos entre R$ 2,50 e R$ 2,51/litro.  Compradores reclamando que nos atuais níveis pedidos pelos Produtores a conta não fecha para venda, e que portanto estão tentando “esticar” o que podem os estoques e volumes comprados e pagos anteriormente ainda pendentes de retirada, movimento que acompanhamos ter ocorrido em Dezembro, em que as Distribuidoras adiantaram suas compras com o receio de que em Janeiro os níveis realmente estariam mais altos.

 

Na região Nordeste a oferta principalmente de anidro permanece bem restrita, com preços mantendo o viés de alta e estoques concentrados em cada vez menos produtores, que inclusive tem segurado novas vendas em função da necessidade de comprovação de estoque em 31 de Janeiro perante à ANP.  Preços do anidro encontrados variaram em Pernambuco desde R$ 2,49/litro EX-WORKS produção local, até R$ 2,52/litro para retirada no Porto, produto importado.  Já o hidratado com variação desde R$ 2,04 a R$ 2,20/litro (na Paraíba, para dentro e fora do estado respectivamente), até R$ 2,12/2,15 em Pernambuco e Alagoas (no primeiro preço para dentro do estado de Pernambuco e no segundo com destino livre em Alagoas).

 

A UNICA divulgou no último dia 14 de Janeiro o balanço de safra com posição consolidada até 1º de Janeiro.  Uma análise sintetizada que voltamos a divulgar, é de que as vendas estão 11% acima e estoques quase 6% menor em relação ao mesmo período da safra anterior.  Com o estoque atual (7.82 BI de litros de etanol total), as vendas médias até entrada da safra não podem passar de 2.6 BI.  Até o momento a venda média está acima de 2.8 BI de litros. Em Dezembro a comercialização de etanol total ficou dentro da média esperada, o que pode indicar uma desaceleração no consumo, ainda que bem mais alto do na safra anterior (no total já foram comercializados 2.6 BI de litros a mais nesta safra, ou seja, 1 mês de consumo). A situação do hidratado é ainda mais séria, pois temos uma média mensal de mais de 2 BI e estoque que sinalizam 1.6 BI de vendas para dar até entrada da safra.  Ok que o anidro pode ser "molhado", que as importações de anidro podem atender a 67...mas tem que ficar de olho.