top of page

Vibra e parceiros iniciam abastecimento de aeronaves em Manaus com caminhão elétrico


A BR Aviation, da Vibra Energia, começou nesta segunda-feira, 12, a abastecer aeronaves no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, de Manaus, em parceria com a Pioneiro Combustíveis, com caminhão VW 100% elétrico, o primeiro desse tipo na América Latina, em meio a esforços para contribuir com a redução de emissões na aviação civil.


No total, a Vibra tem uma frota de mais de 500 caminhões de abastecimento nos cerca de 90 aeroportos brasileiros onde está presente, e vê potencial para a conversão de todos eles em um prazo ainda não determinado, dependendo da formação de parcerias e do avanço dos negócios, afirmou à Reuters o diretor de aviação da Vibra, Rodrigo Mota.


Cada caminhão elétrico pode tirar da atmosfera cerca de 15 toneladas de carbono (CO2) por ano, o que seria equivalente à neutralização proporcionada por mais de 50 árvores no mesmo período, segundo a companhia. A BR Aviation é líder no mercado brasileiro de distribuição de combustíveis de aviação.


“O plano ambicioso é esse, gostaríamos de converter todos eles o mais rápido possível, em todos os aeroportos do Brasil”, disse Mota, destacando ainda que todos os veículos elétricos que forem adotados serão carregados com energia 100% renovável, para que sejam zero emissão.


Não há ainda um prazo para a conversão de todos os caminhões de abastecimento. Mas, segundo Mota, ao apresentar o primeiro caminhão, a companhia já está recebendo contato de diversos parceiros e entidades governamentais, para verificar a possibilidade para o avanço desse plano.


Para que o caminhão elétrico pudesse começar a operar, a EZVolt instalou no Aeroporto de Manaus um carregador com 1 ponto de recarga CCS-2, com potência de saída de 24 kW em corrente contínua, o que permite o carregamento de 80% da bateria do caminhão em até três horas.


A Vibra destacou que a aviação é responsável por cerca de 3,5% da contribuição humana para o aquecimento global, de acordo com um estudo de 2020 realizado pela Manchester Metropolitan University, publicado na revista Atmospheric Environment.


Com o projeto, a BR Aviation e a Pioneiro Combustíveis buscam se antecipar a uma das metas do programa SustenAr, lançado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para estimular melhorias em aspectos ambientais na Aviação Civil. O programa prevê, como uma das formas de estimular soluções sustentáveis, a substituição de combustíveis fósseis na frota aeroportuária terrestre.


Fonte:https://www.novacana.com/

7 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page