top of page

União e estados não chegam a acordo sobre ICMS dos combustíveis


Os representantes estaduais afirmaram que, até o momento, a União não apresentou nenhuma contraproposta, o que pode acarretar judicialização em massa

A reunião entre representantes dos estados e da União para discutir o ICMS sobre combustíveis e formas de compensação pelas perdas de arrecadação, realizada nesta segunda-feira (21), acabou sem acordo.


De acordo com os documentos entregues por comissão especial, formada por representantes dos entes federativos, a perda de todos os estados, incluindo os que obtiveram liminares, chega a R$ 38,3 bilhões, com correção. Na segunda planilha, a perda dos estados sem liminar soma R$ 22,9 bilhões.


No encontro de hoje, por videoconferência, os estados afirmaram que, até o momento, a União não apresentou nenhuma contraproposta. Segundo eles, a impossibilidade de conciliação pode acarretar a judicialização em massa pelos estados que permanecem sem compensação.


Para os representantes da União, embora haja pontos de convergência, os números apresentados pelos estados não batem com as contas do Ministério da Economia.


Fonte:https://oantagonista.uol.com.br/

5 visualizações0 comentário

Kommentare


bottom of page