top of page

UE aprova proibição contra veículos novos movidos a combustíveis fósseis a partir de 2035


O Parlamento Europeu aprovou formalmente nesta terça-feira (14) uma lei que proíbe a venda de veículos novos a gasolina e diesel na União Europeia a partir de 2035, com o objetivo de acelerar a mudança para veículos elétricos.

As regras exigem que, até 2035, as montadoras de veículos atinjam um corte de 100% nas emissões de CO2 de carros novos, o que poderá tornar impossível a venda de modelos novos movidos a combustível fóssil no bloco de 27 países.


A lei também estabelecerá um corte de 55% nas emissões de CO2 para carros novos vendidos a partir de 2030 em relação aos níveis de 2021, muito acima da meta existente de 37,5%.

“Os custos operacionais de um veículo elétrico já são mais baixos do que os custos operacionais de um veículo com motor de combustão interna”, disse Jan Huitema, principal negociador do parlamento sobre as regras. A aprovação final está prevista para março.

Vans novas deverão cumprir um corte de 100% de CO2 até 2035 e um corte de 50% até 2030, em comparação com os níveis de 2021.

O presidente-executivo da Volkswagen, Thomas Schaefer, disse no ano passado que a partir de 2033 a marca só produzirá carros elétricos na Europa.

Ainda assim, o acordo final inclui algumas flexibilidades, incluindo que pequenas montadoras que produzem menos de 10 mil veículos por ano poderão negociar metas mais baixas até 2036.

Fonte:https://www.cnnbrasil.com.br/

8 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page