Buscar
  • Ecoflex Trading

Preço do diesel no Brasil sobe 2,3%, aponta Ticket Log


O diesel foi vendido em janeiro de 2021 por, em média, 3,93. Logo, teve alta de 11,2% ante os R$ 3,974 registrados em janeiro de 2020. Com três altas consecutiva, o diesel acumula aumento de 2,3% nos postos de todo o País. Segundo o Índice de Preços Ticket Log (IPTL).


Assim como ocorreu com o diesel comum, o S-10 também ficou mais caro. Com o litro vendido agora a R$ 3,988, a alta foi de 2,3%. A comparação é com o preço de dezembro.


Enfim, a alta frequente do preço do diesel causou uma recente ameaça de greve de caminhoneiros. No entanto, a paralisação, marcada para começar na segunda-feira (1), não se concretizou.


Governo promete facilidades

Seja como for, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, disse que o governo estaria preparando ações para melhorar a vida dos caminhoneiros.


Assim, estariam sendo organizadas formas de ampliar a capacitação dos motoristas. Bem como criadas medidas para eliminar intermediários nas prestações de serviço e recebimento de vale-pedágio, por exemplo. Contudo, Freitas não mencionou medidas para conter a alta do preço do diesel.


“Mês a mês, os motoristas estão pagando mais caro para abastecer. O ano começou apresentando a terceira alta consecutiva. E o diesel comum está cada vez mais próximo dos R$ 4. Ou seja, a última alta nesse nível ocorreu em janeiro de 2020”.


Isso segundo o head de mercado urbano da Edenred Brasil, Douglas Pina. A empresa é responsável pelo IPTL.


Alta do diesel por região

A região norte tem os maiores preços médios. Em média, o preço médio do comum foi de R$ 4,159. Já o S-10 saiu por R$ 4,213.


A maior alta do diesel comum, de 5%, ocorreu em Roraima. O litro foi vendido por R$ 4,202. Em dezembro, o preço era de R$ 4,004.


Além disso, na comparação com os valores da região sul, a diferença da região norte chega a 13%. Os menores preços médios foram registrados no sul do País. Na prática, o litro do diesel comum foi vendido por, em média, R$ 3,588, e o do S-10, a R$ 3,648.


Do mesmo modo, a alta no preço do diesel ocorreu em quase todos os Estados. A exceção foi o Mato Grosso. Assim, no Estado do centro-oeste o preço do diesel comum recuou 2,56%. Isso na comparação com o valor médio de dezembro de 2020.


O diesel nas rodovias

Além disso, houve alta nos preços nos postos das principais rodovias. Em janeiro, o comum foi vendido a R$ 3,50 na Régis Bittencourt, no Paraná. E chegou a R$ 3,677, no trecho de São Paulo.


Na BR-101, o diesel mais barato é encontrado no Rio Grande do Sul: R$ 3,52. Por outro lado, no Pará o preço médio ficou em R$ 3,985.


Na Rodovia Presidente Dutra, o litro sai, em média, a R$ 3,58 em São Paulo, e a R$ 3,85, no Rio de Janeiro. Na Fernão Dias, são R$ 3,622, em São Paulo, e R$ 3,841 em Minas Gerais.


Segundo o levantamento do IPTL, 18 mil postos credenciados pela Ticket Log estão incluídos. Além disso, a frota cadastrada na empresa é de cerca de 1 milhão de veículos.



Fonte: Estadão

1 visualização0 comentário