Buscar
  • Ecoflex Trading

Preço do açúcar bruto fecha em queda na ICE; março é negociado a 16,05 cents/libra


Os contratos futuros do açúcar bruto negociados na ICE recuaram nesta quinta-feira, à medida que um rali recente desencadeado por compras por fundos perde força.


O contrato março do açúcar bruto fechou em queda de 0,22 centavo de dólar, ou 1,3%, a 16,05 centavos de dólar por libra-peso. O primeiro vencimento chegou a tocar uma máxima de três meses e meio na semana passada, a 16,75 centavos.


Operadores disseram que o rali recente, guiado pelos fundos, parece ter perdido fôlego em momento em que as usinas indianas tentam vender mais açúcar no mercado global, diante do aumento dos estoques locais.


“Alguns estimam que os contratos já assinados para exportação da Índia chegam a 2 milhões de toneladas, enquanto outros sugerem que um patamar de cerca de 1,7 milhão de toneladas é mais provável”, disse um corretor, acrescentando que a Índia pode movimentar 500 mil toneladas por mês com facilidade se não houver problemas climáticos.


A produção de açúcar do Brasil deve recuar 6% em 2021/22, para 36 milhões de toneladas, disse a Czarnikow nesta quinta-feira.


O açúcar branco para março recuou 5,70 dólares, para 450,30 dólares a tonelada.



Marcelo Teixeira e Nigel Hunt

Fonte: Reuters

0 visualização0 comentário