Buscar
  • Ecoflex Trading

Na primeira quinzena de junho, energia solar passa por um aumento de 13,8%


Fonte fotovoltaica gerou 783 MWmed no período, contra 688 MWmed no mesmo momento em 2020, segundo dados da CCEE.


A geração de energia elétrica das usinas fotovoltaicas ligadas ao Sistema Interligado Nacional (SIN) passou por um aumento de 13,8% na primeira quinzena de junho. No período, a fonte fotovoltaica gerou 783 MWmed, contra 688 MWmed em igual momento de 2020. As usinas eólicas (34%) e térmicas (56%) também contaram com um crescimento, ao passo que as hidrelétricas reduziram a sua produção em 8,6% no período.


Anunciados no dia 18 de junho, dados da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) apontaram que a produção de todas as fontes somou 64.192 MWmed, caracterizando um crescimento de 7,3% em relação aos mesmos períodos.


De acordo com a CCEE, a variação positiva da geração, na dimensão individual e na dimensão global da maioria das fontes, é resultado do cenário de pandemia da Covid-19 observado em 2020, quando houve uma queda tanto na produção quanto no consumo.


Conforme a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o Brasil possui uma capacidade instalada operacional da fonte solar fotovoltaica de 3.300 MW, simbolizando 1,87% da matriz elétrica. Além disso, há 19.953 MW em potência outorgada “com a construção não iniciada” e 2.510 MW em empreendimentos solares em desenvolvimento.



Fonte: Portal Solar

6 visualizações0 comentário