top of page

Indústrias desejam migrar para o mercado livre de energia, diz pesquisa


A permissão do governo para que todos os consumidores de energia atendidos em alta-tensão possam migrar para o mercado livre, onde negociam contratos diretamente com geradores e comercializadores, atraiu a atenção das indústrias. Segundo pesquisa inédita da Confederação Nacional da Indústria (CNI), 56% das indústrias que estão conectadas em alta-tensão e estão no mercado regulado, onde são atendidas por distribuidoras, confirmaram que há possibilidade de migração a partir de 2024.


Em setembro de 2022, o Ministério de Minas e Energia publicou portaria que permite que todos os consumidores do mercado de alta-tensão comprem energia de qualquer supridor a partir de janeiro do próximo ano. A sondagem foi feita em outubro último, com 2.016 empresas, sendo 794 pequenas, 724 médias e 498 grandes.


A pesquisa aponta que, entre as empresas de alta-tensão no mercado cativo, 7% informaram que não há possibilidade de mudança e 37% não sabem. O resultado, diz a CNI, mostra que a proposta ou ainda está sendo avaliada, ou as empresas carecem de informação sobre a chance de mudança.


Fonte:https://www.udop.com.br/

6 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page