Buscar
  • Ecoflex Trading

Honda tem data para acabar com os carros movidos a gasolina

Empresa investirá U$ 46 bilhões em carros elétricos


O mundo está vivendo um momento de conscientização em prol do meio ambiente. Empresas estão sendo cobradas para cortarem a emissão de carbono no meio ambiente, auxiliando a evitar as mudanças climáticas drástica no futuro. Com isso, veículos elétricos são a aposta da vez. A Honda, uma das montadoras mais importantes do mundo, anunciou que em pouco menos de duas décadas 100% dos seus carros fabricados serão elétricos, dando adeus a gasolina.


A mudança da gasolina para a energia elétrica será gradual. A empresa planeja que 40% das suas vendas globais sejam compostas por veículos elétricos a 2030, seguidos por 80% em 2035 e 100% até 2040. O pensamento da Honda em neutralidade do carbono é semelhante outras empresas como Ford e Volkswagen.

Quem trouxe essa informação Toshihiro Mibe, CEO da Honda. Ele destacou que a empresa está comprometida em ajudar no que for possível o governo japonês a reduzir em até 46% as emissões de carbono. Mibe ainda destacou que a companhia irá investir um total de U$ 46 bilhões nos próximos seis anos em tecnologias renováveis e que auxiliem a empresa a desenvolver os carros elétricos, deixando para trás de uma vez por todas o uso da gasolina.


A Honda já vem investindo bastante em veículos elétricos nos últimos anos. A aposta da vez é o Prototype, SUV 100% elétrico baseado no novo HR-V. O veículo ainda é um protótipo, mas é apontado como o veículo elétrico da empresa mais próximo de ganhar os mercados. A Honda está negociando com a GM o lançamento de dois novos veículos elétricos focados nos EUA.


O foco hoje é no mercado americano. A Califórnia deve proibir a venda de veículos movidos a gasolina no estado até 2035. Além disso, o governo dos Estados Unidos deve mudar toda a sua frota de veículos para carros movidos a energia elétrica.



Por Fábio Lucas

Fonte: clickpetroleoegas


0 visualização0 comentário