Buscar
  • Ecoflex Trading

Governo reafirma decisão de manter biodiesel no diesel em 10% para 2022


Em comunicado, governo afirma que preços da soja e câmbio fizeram com que o preço do biodiesel fosse muito superior ao preço do diesel. O governo definiu para o ano de 2022 uma mistura menor de biodiesel no diesel de 10%, ante 13% que deveriam ter vigorado na maior parte de 2021 O governo brasileiro reafirmou sua decisão de manter em 10% o teor de biodiesel no diesel ao longo de 2022, diante de um aumento do preço do biocombustível, informou o Ministério de Minas e Energia em nota divulgada ontem (18), em uma medida que havia causado forte reação de integrantes do setor. A decisão foi anunciada em novembro, mas a indústria de biodiesel e de soja -- principal matéria-prima do biodiesel -- ainda buscava uma reversão da medida. No comunicado desta segunda-feira, a pasta destacou que a conjuntura internacional, que provocou o aumento significativo do preço do óleo de soja, aliado à desvalorização cambial, gerou o aumento do preço do biodiesel a patamar muito superior ao preço do diesel. "Considerando as informações atuais, o aumento do teor do biodiesel no diesel A (puro), de 10% para 13% até fevereiro e 14% entre março e dezembro, significaria um gasto adicional para a população brasileira de R$ 9,15 bilhões ao longo do ano, considerando o volume projetado de 61 bilhões de litros de diesel B para 2022", disse o ministério. "O valor seria suficiente para atender 1 milhão e 906 mil famílias por ano com o Auxílio Brasil, de R$ 400 por família"


Fonte: www.udop.com.br

6 visualizações0 comentário