top of page

Gasolina terá taxação de R$ 0,71 e etanol de R$ 0,24 por litro com volta dos impostos federais


Os impostos federais sobre combustíveis voltam integralmente nesta quinta-feira e o impacto total para a gasolina será de R$ 0,71 e para o etanol de R$ 0,24. O anúncio foi confirmado pelo Ministério da Fazenda.


A alta se deve pela volta total da PIS/Cofins e Cide sobre os combustíveis, após um movimento de redução temporária iniciado no governo Bolsonaro - antes das eleições de 2022.


Anteriormente, o atual governo havia adotado uma reoneração parcial nos itens, com uma medida provisória que perdeu validade na última quarta-feira.

A volta integral estava prevista para o começo de julho. Serão aplicadas as mesmas alíquotas do começo de 2022, antes da redução dos impostos.

Com o fim da desoneração temporária, a arrecadação do segundo semestre será “reforçada” em R$ 14,8 bilhões, segundo a Fazenda. Veja como fica:


  • A partir desta quinta-feira voltam a valer as antigas taxações de PIS/Cofins e da Cide incidentes sobre a gasolina, o etanol e o querosene de aviação;

  • Para a gasolina vendida na bomba (gasolina “C”), as taxações de PIS/Cofins e Cide a partir de hoje representam R$ 0,64 por litro e R$ 0,07 por litro, respectivamente. Somando R$ 0,71;

  • Para o etanol, volta a vigorar PIS/Cofins de R$ 0,24 por litro (não há incidência de Cide sobre o álcool);

  • E para o querosene de aviação retorna a taxação de R$ 0,07 por litro (também sem Cide);

  • Como a medida envolve tributos federais, as alíquotas são as mesmas em todo o território nacional.

Fonte:https://oglobo.globo.com/

8 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page