Buscar
  • Ecoflex Trading

Etanol hidratado tem alta e atinge preços recordes nas usinas do Centro-Sul

Demanda foi maior que a oferta na primeira metade de abril; ao mesmo tempo, biocombustível foi considerado economicamente vantajoso perante a gasolina no Sudeste


Impulsionado pela baixa oferta, o mercado de etanol do Centro-Sul voltou a uma fase altista. Este movimento acontece apenas dois meses após o último registro similar de preços elevados.


Ontem, 5, a S&P Global Platts avaliou o etanol hidratado em Ribeirão Preto (SP) a um valor recorde de R$ 3.600 por metro cúbico, alta de R$ 395/m³, ou 12,3%, na semana, incluindo ICMS e PIS/Cofins. No acumulado de 2021 até o momento, o hidratado subiu 45,5% na região.


Temores de uma possível escassez no fornecimento de etanol no curto prazo e uma consequente alta nos preços foram alimentados por relatórios altistas sobre a oferta, com aspectos como o clima seco no Centro-Sul, o alto prêmio nas negociações de açúcar e a relação de valores favorável em relação à gasolina.


“Os preços do etanol aumentaram dramaticamente em um curto período de tempo porque os estoques estão extremamente apertados”, disse um trader de São Paulo. “O tremendo movimento de alta atingirá um valor que efetivamente bloqueia a demanda ou que incentiva as usinas a direcionarem mais cana para a produção de etanol em vez de açúcar”.


Leia a análise completa no texto exclusivo para assinantes NovaCana.

https://www.novacana.com/



Por Phillip Herring

Fonte: S&P Global Platts


2 visualizações0 comentário