Buscar
  • Ecoflex Trading

Etanol deve ser mais lucrativo para usinas do que açúcar na safra 2022/23, afirma Pecege


O preço do etanol deve subir na safra 2022/23, que começa em abril no Centro-Sul brasileiro, e o biocombustível deve dar retorno maior às usinas do que o açúcar, segundo o Programa de Educação Continuada em Economia e Gestão de Empresas (Pecege), da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq-USP).


Em suas projeções de preço, a expectativa é que o litro do anidro alcance R$ 3,99 em São Paulo, ante R$ 3,67 nesta safra; e o do hidratado, R$ 3,43, em comparação com R$ 3,24 em 2021/22. A diferença de preços deve incentivar uma maior produção do anidro.


Quanto ao açúcar, os preços no mercado interno devem continuar elevados, especialmente no segundo semestre deste ano, mesmo com eventual queda das cotações da Bolsa de Nova York (ICE Futures US).


A projeção é de que o indicador de açúcar VHP para o mercado externo tenha preço médio de R$ 101,86 por saca de 50 quilos em 2022/23, praticamente estável em relação à temporada atual; enquanto o açúcar cristal para o mercado interno deve subir de R$ 121,69 por saca em 2021/22 para R$ 139,29 em 2022/23.


A matéria-prima também tende a se valorizar em torno de 5% na próxima safra, mesmo após o avanço de 57% nesta temporada.



Por Augusto Decker

Fonte: www.jornalcana.com

0 visualização0 comentário