Buscar
  • Ecoflex Trading

Estação de recarga de novo veículo elétrico da Renault terá EDP Smart e WEG

Como fornecedores oficiais


A EDP Smart e a WEG firmaram uma parceria com a Renault e serão as fornecedoras oficiais da estação de recarga para os clientes que comprarem o novo carro elétrico da empresa, batizado de Zoe. Segundo as partes envolvidas, o acordo pretende incluir, aos consumidores que desejarem adquirir os equipamentos, a nova geração de produtos WEMOB (WEG Electric Mobility).


“Essa parceria faz parte da estratégia da WEG em oferecer soluções eficientes, sustentáveis e inteligentes para o segmento de mobilidade elétrica. Reitera também a confiança da Renault nos produtos e serviços da WEG”, afirmou Manfred Peter Johann, diretor superintendente da WEG Automação.


Além disso, com objetivo de expandir a infraestrutura de recarga dos automóveis elétricos em vias públicas, a parceria estima a instalação de estações de recarga semirrápidas em dez concessionárias da Rede Renault. O papel da EDP incluirá a visita técnica aos clientes, a instalação dos equipamentos e o fornecimento das estações de recarga da WEG.


“A mobilidade elétrica é uma das nossas apostas para o futuro do setor de energia e buscamos nos aproximar dos principais players do setor para ajudar a fomentar o crescimento. O Novo Zoe traz avanços em tecnologia, com grande autonomia e, por isso, atraiu nosso interesse”, disse Carlos Andrade, vice-presidente de Clientes da EDP no Brasil, manifestando a satisfação com o acordo.


A Renault do Brasil e a WEG também possuem uma parceria em um empreendimento de mobilidade elétrica localizado em Fernando de Noronha (PE). Em um acordo com a Polo Engenharia Elétrica & Fotovoltaica e a administração do arquipélago, as empresas lançaram seis garagens com produção de energia solar para recarregar as baterias de íon de lítio de 28 automóveis elétricos, os quais já circulam pelo local.


O projeto engloba o programa Noronha Carbono Zero, que impedirá, a partir de 2022, a entrada de automóveis movidos a combustão no arquipélago, além de outras ações, com objetivo de diminuir as emissões de gás carbônico (CO2).



Fonte: Portal Solar


7 visualizações0 comentário