Buscar
  • Ecoflex Trading

Energia solar torna-se investimento para empresas de reciclagem


Passando de R$ 50 mil para R$ 15 mil mensais, a Acquaforte reduziu as despesas com energia elétrica em 70%.


A Acquaforte, indústria de reciclagem e reaproveitamento de material plástico, com objetivo de diminuir os custos com energia elétrica e ainda colaborar com a sustentabilidade, realizou um investimento para a instalação de uma usina própria para geração de energia fotovoltaica em seu complexo industrial, localizado em São José do Mipibu, no Rio Grande do Norte.


O sistema encontra-se em funcionamento desde junho de 2020 e possibilitou que a companhia diminuísse as despesas com energia elétrica em 70%, que passaram por uma queda de R$ 50 mil para, aproximadamente, R$ 15 mil mensais. O empreendimento foi elaborado pela Enerbras, com capacidade de produzir 700 mil kWh de eletricidade por ano e uma potência de 447 kWp.


“A Acquaforte é uma empresa bem consciente com a questão ambiental. Com o sistema de geração de energia solar, queríamos, além de gerar economia, promover um forte impacto à imagem dos nossos produtos no mercado”, relatou Modesto Azevedo, presidente da Acquaforte.



Fonte: Portal Solar

12 visualizações0 comentário