top of page

Em sessão de alta volatilidade, petróleo recua com receios sobre a oferta e a demanda


Os contratos futuros do petróleo encerraram mais uma sessão volátil em queda, nesta quinta-feira (25), pressionados por temores em relação a possíveis reduções da oferta e da demanda global da commodity.


O contrato do petróleo Brent, a referência global, para outubro fechou em queda de 1,85%, a US$ 99,34 por barril, perdendo mais uma vez o nível dos US$ 100, enquanto o do WTI americano para o mesmo mês recuou 2,49%, a US$ 92,52 por barril.


O índice dólar DXY, que normalmente tem correlação negativa com o petróleo, opera em leve queda de 0,22%, a 108,441 pontos.


O petróleo tem anotado fortes oscilações nos últimos dias com a divulgação de dados econômicos fracos e as expectativas em torno do acordo nuclear entre o Irã, EUA e Europa pressionando os preços, ao mesmo tempo em que a possibilidade de novos cortes de produção da Organização dos Preços de Petróleo (Opep) dão suporte aos preços.


Hoje, o secretário-geral da Opep, Haitham Al Ghais, disse que apoia a sugestão da Arábia Saudita em cortar a produção para equilibrar oferta e demanda. O acordo nuclear com o Irã, por outro lado, poderia ampliar a oferta global de petróleo em 1 milhão de barris ou mais.


Entre os dados econômicos divulgados nesta quinta, a segunda leitura do Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos revisou o dado do segundo trimestre para cima, indicando uma contração de 0,6% na comparação com o trimestre anterior, contra uma queda de 0,9% da leitura preliminar. O dado ficou abaixo da expectativa de consenso, porém, que era de uma revisão mais positiva, a contração de 0,5%.


Já o dado de pedidos de seguro-desemprego indicou uma queda a 243 mil pedidos na semana passada, ficando abaixo tanto da leitura de 245 mil pedidos da semana anterior quanto da expectativa, que era de aumento a 255 mil.


Fonte:https://www.udop.com.br/

6 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page