top of page

BYD e Raízen Power firmam parceria para impulsionar mobilidade elétrica no Brasil

A BYD e a Raízen Power anunciaram uma parceria estratégica para acelerar a mobilidade elétrica no Brasil. De acordo com comunicado enviado à imprensa, o objetivo da iniciativa é ampliar significativamente a rede pública de carregadores elétricos nas principais capitais do País, com energia 100% limpa e renovável, proporcionando uma experiência tecnológica de recarga.

Dessa forma, o contrato prevê a construção de hubs de recarga elétrica com solução Shell Recharge em oito capitais nos próximos três anos, sendo eles São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Salvador (BA) e Belém (PA). 

Ao todo, serão aproximadamente 600 novos pontos de recarga DC instalados, somando mais 18 MW de potência instalada para recarregar veículos elétricos em âmbito nacional. As empresas preveem uma oferta competitiva de serviços de recarga para motoristas BYD na rede Shell Recharge e energia renovável para seus concessionários.  

Além disso, a parceria baseia-se em um acordo de cooperação estratégica assinado pela Shell e BYD, em 2022, para acelerar a transição energética e melhorar a experiência de recarga para os clientes de veículos elétricos e híbridos plug-in da BYD no mundo. 

“Nenhuma empresa pode impulsionar a mobilidade elétrica sozinha. Isso exigirá uma colaboração sem precedentes entre a indústria, o governo e os clientes. Este último acordo é um ótimo exemplo de como estamos conseguindo isso com a ajuda de nossos parceiros atuais, Raízen e BYD”, disse o vice-presidente Executivo Global de Mobilidade da Shell, István Kapitány. 

Perspectivas das empresas 

A Raízen Power planeja liderar o mercado de eletromobilidade, atingindo cerca de 25% de market share no segmento.

Além disso, a marca pretende atingir 10% de participação no mercado livre de energia e aumentar significativamente os seus projetos de geração distribuída, duas soluções de comercialização de energia limpa que proporcionam economia nas faturas para consumidores residenciais, comerciais e grandes negócios. 

Para a BYD, a parceria também é estratégica para o desenvolvimento e implementação de equipamentos de recarga e soluções de bateria da empresa. 

Já a Shell possui cerca de 55.000 pontos públicos de recarga em mais de 30 mercados e a expectativa é de chegar em aproximadamente 70.000 pontos até 2025.  


2 visualizações0 comentário
bottom of page