top of page

Bolsonaro diz que vai estender desoneração da gasolina para 2023


O presidente Jair Bolsonaro disse, nesta segunda-feira, que está negociando com a equipe econômica para que, caso seja reeleito, o governo mantenha a desoneração dos impostos federais incidentes sobre a gasolina em 2023. Segundo ele, essa determinação também já estaria certa para o diesel, o que tende a beneficiar os caminhoneiros, categoria que é ligada ao seu eleitorado.


A afirmação foi feita durante entrevista a um podcast. A desoneração da gasolina foi aprovada pelo Congresso Nacional recentemente, após sugestão do próprio Palácio do Planalto. Na ocasião, essa proposta foi inserida no projeto de lei que limitava em 17% o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre combustíveis, energia elétrica, comunicações e transporte público.


Sobre este projeto, inclusive, Bolsonaro disse que também pretende manter este "desconto" nos tributos. Não ficou claro, no entanto, se ele estava se referindo a todos os setores ou apenas a um deles. "Também reduzimos o ICMS da energia elétrica, isso não é eleitoral, o Parlamento aprovou. Nós vamos manter esse desconto ano que vem, já falei com a equipe econômica. Quando diminuímos milhares de impostos no Brasil, começou a vender mais; tivemos um excesso de arrecadação", disse.


Em função dessas medidas, Bolsonaro foi questionado sobre os riscos ao teto de gastos. O presidente respondeu que a equipe econômica é "extremamente zelosa" com a questão fiscal e disse que o teto somente foi furado durante a pandemia. "Furar teto nós furamos em 2020 com 700 milhões", disse antes de rebater a questão citando a previsão de superávit primário. "O Brasil vai ser um dos poucos países este ano com PIB positivo", argumentou.


Fonte:https://www.udop.com.br/

5 visualizações0 comentário
bottom of page