top of page

ANP: preço médio da gasolina nas bombas cai pela 3ª semana seguida, e vai a R$ 5,48


O preço médio da gasolina comum nos postos de todo o País recuou 0,5%, para R$ 5,48 por litro, na semana entre 26 de março e 1º de abril, informou no início da noite desta sexta-feira, 31, a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Nos sete dias anteriores, esse preço foi de R$ 5,51 por litro.

Esta é a terceira semana de queda leve no preço médio da gasolina após o pico de R$ 5,57 por litro ligado ao retorno dos impostos federais PIS/Cofins sobre os preços da gasolina nas refinarias, que são repassados ao consumidor final na ponta da cadeia de consumo.

Assim, após a alta de 9,6% no preço médio do insumo nos primeiros 11 dias de março, o combustível recuou 1,6% nas últimas três semanas, consolidando o movimento de ajuste de preços dos lojistas dentro da lógica concorrencial. Isso é comum após grandes variações em curto período de tempo.

Outro fator lateral para a queda no preço da gasolina é o recuo no preço do etanol anidro, que responde por 27% da mistura do combustível. O insumo registrou queda acumulada de 3,3% nas usinas paulistas nas três semanas até 24 de março. O preço médio da semana útil que se encerra nesta sexta (31) não havia sido divulgado até o momento de publicação desta nota. O levantamento é do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada da Escola Superior de Agricultura da Universidade de São Paulo (Cepea/Esalq-USP).

Diesel

O diesel S-10 viu o preço médio cair mais, 1,3% ou R$ 0,08 por litro nos postos de todo o País, entre 26 de março e 1º de abril, informou a ANP. O litro do insumo custou em média R$ 5,86 esta semana, comparado a R$ 5,94 nos sete dias anteriores. O combustível está livre da reoneração até 1º de janeiro de 2024, por decisão do governo.

Por trás da queda de preço do diesel ao consumidor final está a recente redução praticada pela Petrobras no preço de suas refinarias, em 23 de março. Então, a estatal implementou uma redução no preço do diesel para as distribuidoras de 4,47% ou R$ 0,18 por litro. Descontos da Petrobras nas refinarias são gradualmente repassados aos preços das bombas.

Este foi o terceiro reajuste para baixo no preço do diesel da gestão Jean Paul Prates na Petrobras. Desde que o ex-senador assumiu a companhia, o diesel vendido nas refinarias da Petrobras caiu 14,6% no acumulado. Em 1º de março, a Petrobras já havia reduzido em 1,95%, ou R$ 0,08 por litro, o preço do diesel. Antes, em 8 de fevereiro, a companhia já havia praticado uma primeira redução de 8,9%, ou R$ 0,40 por litro.

Gás de cozinha

Já o preço médio do gás liquefeito de petróleo (GLP), ou gás de cozinha, experimentou mais uma queda leve esta semana, desta vez de 0,17%. O insumo vendido em botijão de 13 kg fechou a semana a um preço médio de R$ 107,33, 0,17% abaixo da média registrada na semana imediatamente anterior, de R$ 107,52.

O gás de cozinha vinha mantendo trajetória de quedas leves, chegou a subir pontualmente, e voltou a cair, ainda que próximo da estabilidade. Nos sete dias anteriores a queda registrada foi de 0,15%. Também nesse caso, com exceção da gasolina, os impostos federais só voltarão a incidir em 1º de janeiro de 2024.


Fonte:https://www.infomoney.com.br/

4 visualizações0 comentário

Kommentare


bottom of page