Buscar
  • Ecoflex Trading

ABSOLAR comunica que geração solar fotovoltaica ultrapassa 8,8 GW operacionais no Brasil


De acordo com a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), a geração fotovoltaica ultrapassou 8,8 GW operacionais no Brasil. O gráfico apresentado pela entidade aponta que o volume inclui 3,32 GW de geração centralizada e 5,48 GW de geração distribuída (GD). O ano de 2020 foi finalizado com a fonte conquistando aproximadamente 7,5 GW de capacidade instalada.


A ABSOLAR assinala que o setor de GD alcançou praticamente 600 mil unidades consumidoras. O estado de Minas Gerais continua protagonizando esse mercado, contando com 977,3 MW de capacidade instalada. Entre os cinco primeiros lugares do ranking, estão São Paulo (686,1 MW), Rio Grande do Sul (681,2 MW), Mato Grosso (436 MW) e Paraná (305,9 MW).


A cidade de Cuiabá (MT), com 76,9 MW, lidera o ranking municipal, seguida por Brasília (DF) e Uberlândia (MG), com 70,9 MW e 56,7 MW, respectivamente.


Além disso, a entidade divulgou que o setor de geração centralizada já totaliza, em potência outorgada, um volume de 21,5 GW. A maior parte dos projetos estão localizados em Pernambuco, Ceará, Minas Gerais, Piauí e Paraíba, com 1,8% da matriz elétrica brasileira sendo representada por tal fonte.


A associação também realizou uma previsão, no início do ano, de que, somando as modalidades de geração centralizada e GD, serão acrescentados mais de 4,9 GW de potência instalada à geração solar. Ao fim de 2020, esse valor caracterizaria um aumento de mais de 68% sobre a capacidade instalada.


A expectativa é que a GD salte de 4,4 GW para 8,3 GW, representando um crescimento de 90%. Já no setor de usinas solares de grande porte, estima-se um salto de 3,1 GW para 4,2 GW, havendo um crescimento de 37%.



Fonte: Portal Solar

6 visualizações0 comentário