Buscar
  • Ecoflex Trading

Açúcar bruto se recupera de mínima de um mês e fecha em alta na ICE


Os preços do açúcar bruto na ICE se recuperaram e fecharam em alta nesta quinta-feira, 4, depois de atingirem uma mínima de um mês diante do fortalecimento do dólar e com fundos ainda evitando compras do adoçante, que haviam levado os contratos futuros a máximas de quatro anos no final de fevereiro.


O contrato maio do açúcar bruto fechou em alta de 0,4%, a 16,26 centavos de dólar por libra-peso, após tocar uma mínima de um mês no início da sessão, a 15,96 centavos.


As preocupações com os altos rendimentos de títulos dos Estados Unidos afetaram os mercados acionários globais e deram impulso ao dólar antes de fala do diretor do Federal Reserve, Jerome Powell.




O dólar forte torna o açúcar, precificado na divisa norte-americana, mais caro para investidores de fora dos EUA.


“Não há razão para os preços caírem muito, já que há incertezas sobre a produção brasileira da próxima temporada, problemas de frete e uma possível produção menor na Índia”, disse um operador.


Ele acrescentou que os consumidores finais ainda têm muitas compras a fazer.

O açúcar branco para maio subiu 0,8%, a 462,00 dólares a tonelada.



Marcelo Teixeira e Maytaal Angel

Fonte: Reuters


0 visualização0 comentário