Buscar
  • Fonte: Nova Cana.com

Produção de açúcar no Centro-Sul subiu 59% na 1ª quinzena de julho, projetam analistas


Analistas consultados pela Platts projetam uma moagem total de 45,8 milhões de toneladas de cana na quinzena, com o mix de açúcar chegando a 48,3%.

A produção de açúcar no Centro-Sul durante a primeira quinzena de julho deve totalizar 3,087 milhões de toneladas, um aumento de 59% ano a ano, de acordo com as expectativas de analistas consultados pela S&P Global Platts em 22 de julho.

Se as estimativas dos analistas estiverem corretas, este seria o maior volume produzido em qualquer quinzena desde a primeira metade de julho de 2017. Na ocasião, foram fabricadas 3,114 milhões de toneladas do adoçante.

A produção brasileira de açúcar vem batendo recordes desde o início da safra 2020/21, em 1º de abril. O movimento é estimulado pelo preço internacional do adoçante em reais, que tem remunerado melhor que o etanol comercializado no mercado doméstico.

Segundo os analistas consultados, a quantidade de cana-de-açúcar moída na primeira quinzena de julho deve totalizar 45,8 milhões de toneladas, 11,7% a mais que o registrado no mesmo período do ano anterior.


3 visualizações