Buscar
  • Fonte: AGROLINK COM INF. DE ASSESSORIA

Reação nos preços do etanol hidratado


Suporte veio da postura mais firme de algumas usinas consultadas pelo Cepea diante do novo reajuste positivo.

O preço do etanol hidratado reagiu de maneira discreta no estado de São Paulo, após permanecer em queda por três semanas consecutivas. Segundo alguns agentes consultados pelo Cepea, as cotações vêm tentando se firmar em patamares mais atrativos para o vendedor.

Vale lembrar que o Indicador CEPEA/ESALQ semanal está oscilando desde o início da temporada 2020/21, mostrando comportamento ainda indefinido. Entre 6 e 10 de julho, o Indicador CEPEA/ESALQ do hidratado combustível fechou a R$ 1,6101/litro (sem ICMS e sem PIS/Cofins), elevação de 0,68% em relação ao do período anterior. O Indicador CEPEA/ESALQ do etanol anidro, por sua vez, fechou estável (0,06%), a R$ 1,8271/litro (sem PIS/Cofins).

O suporte veio da postura mais firme de algumas usinas consultadas pelo Cepea diante do novo reajuste positivo, de 5%, no preço médio do litro da gasolina nas refinarias no último dia 7 de julho e do ligeiro aquecimento das compras por parte de algumas distribuidoras. Vale ressaltar que volumes expressivos de etanol hidratado foram adquiridos fora do estado de São Paulo (Goiás, Minas Gerais e Mato Grosso) para serem direcionados, em parte, ao mercado paulista


7 visualizações