Buscar
  • Fonte: UDOP

Açúcar: preços futuros se valorizam em NY e Londres


Nessa terça-feira (30), na ICE em Nova York, os contratos futuros do açúcar registraram alta nos primeiros lotes. Os contratos para julho/20 foram fixados em 11.84 centavos de dólar por libra-peso, valorização de 13 pontos. O vencimento para outubro/20 fechou em 11.96 centavos de dólar por libra-peso, alta de 19 pontos. Os demais lotes oscilaram entre queda de 6 pontos e valorização de 16 pontos. A consultoria Czarnikow informou que o lote julho/20 teve uma entrega relativamente pequena, atualmente estimada em 4.789 lotes (243.293t). Em Londres, na ICE Europe, os contratos para agosto/20 subiram 3,50 dólares e foram fixados em US$ 355,70 a tonelada. O lote para outubro/20 fechou em US$ 355,00 a tonelada, valorização de 3,80 dólares. Os demais contratos subiram entre 3,10 e 4,10 dólares. De acordo com a Czarnikow, a Tailândia exportou 259 mil toneladas de açúcar branco em maio, um aumento de 17 mil toneladas mês a mês (MdM). No acumulado entre janeiro e maio foi exportada 1,36 milhão de toneladas de açúcar branco, isso é 200 mil toneladas a mais do que no mesmo período do ano passado. O Vietnã foi o maior importador (102 kmt), enquanto se prepara para uma redução de 200 mil toneladas na produção de açúcar ano a ano (A / A). Mercado doméstico Nessa terça-feira (30), em São Paulo, a saca de 50 kg de açúcar cristal fechou em R$ 76,12, pelo indicador Cepea/Esalq, da USP, com desvalorização de 0,34%% quando comparado com o valor da véspera. Etanol O indicador diário do etanol hidratado, medido pela Esalq/BM&FBovespa, posto Paulínia, fechou ontem em R$ 1.669,50 o metro cúbico, queda de 0,06% quando comparado ao valor da véspera. No mês de junho o indicador acumulou alta de 3,57%.


3 visualizações