Buscar
  • Fonte: Nova Cana.com

Volume exportado de açúcar em maio cresce quase 80% em comparação anual


Brasil despachou mais de 2,7 milhões de toneladas no último mês; no acumulado do ano, volume chega a 8,5 milhões de toneladas.

O mercado de internacional de açúcar segue atraindo as usinas brasileiras. Em maio, o país exportou 2,70 milhão de toneladas do adoçante, um crescimento de 79% ante as 1,51 milhão de toneladas vistas no mesmo mês de 2019. Na comparação com abril o aumento foi de 76,5%.

No acumulado de 2020, as exportações de açúcar bruto e refinado chegam a 8,53 milhões de toneladas – 43% a mais que as 5,97 milhões de toneladas registradas de janeiro a maio do ano passado.

Os dados foram divulgados na última sexta-feira (5) pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex), do Ministério da Economia.

Apesar das vendas estarem aquecidas, o preço médio registrou queda no comparativo anual pela primeira vez desde novembro de 2019. Em maio, o açúcar exportado foi negociado a R$ 283,92/t, um valor 3,7% menor que o visto em maio de 2019 e 5,3% abaixo em relação a abril de 2020.

Com isso, o aumento anual de 72,4% no faturamento com a commodity deve ser atribuído principalmente ao maior volume e não às melhores condições de preço. Em maio, a receita total obtida com as vendas de açúcar foi de US$ 766,70, ante os US$ 444,69 vistos um ano antes.


0 visualização