Buscar
  • Fonte: Jornal Cana

Produção de açúcar cresce no Brasil


Mercado externo voltou a apresentar vantagem sobre o spot paulista.

As usinas paulistas estão produzindo quantidade maior de açúcar se comparada à temporada passada, conforme levantamento feito pelo CEPEA. A liquidez foi estável e a média semanal dos preços caiu neste início de maio. Somente na sexta-feira (8), as cotações do cristal voltaram a subir, com o Indicador CEPEA/ESALQ, cor Icumsa de 130 a 180, mercado paulista, tendo alta de 1%.

“Esse cenário pode ser reflexo da paridade do mercado externo que voltou a apresentar vantagem sobre o spot paulista”, diz o estudo. De 4 a 8 de maio, a média do Indicador CEPEA/ESALQ foi de R$ 74,76/saca de 50 kg, queda de 0,98% em relação à anterior (de R$ 75,50/sc de 27 a 30 de abril).

Em NY

Ontem (12), o mercado de açúcar bruto de NY estendeu as perdas diante do enfraquecimento do Real frente ao Dólar, com a tela de julho de 2020 cedendo 17 pontos para US$ 10.12 c/lb. Conforme dados da DATAGRO, hoje (13), o açúcar bruto para Julho de 2020 sobe 13 pontos para US$ 10,25 c/lb apesar da forte produção do adoçante no Centro-Sul e da contínua desvalorização do Real frente ao Dólar.


2 visualizações