Buscar
  • Ecoflex Trading

1° usina solar com painéis solares flutuantes em grande altitude gera até 50% a mais de energia



Usina solar flutuante em instalada em montanha gera até 50% mais energia solar com os mesmos painéis solares.


A proteção do meio ambiente é uma preocupação global. Às vezes, é necessário de muito espaço físico para a construção de uma usina solar moderna, situação que pode se tornar um problema em alguns países. Por conta disso, a energia solar está sendo inseria em locais que, inicialmente, servem para outro propósito, reduzindo os custos e sendo mais amigável com o meio ambiente.


Um grande exemplo de uso alternativo de espaços para a implementação de tecnologia de energia solar foi a Romande Energie, empresa que instalou uma usina de energia solar em um lago na Suíça. A usina solar foi construída em um lago a 1800 metros acima do nível do mar.


O projeto é composto por 36 barcaças flutuantes, tendo mais de 2.000 metros quadrados de painéis solares. Além disso, também tem a capacidade de produzir até 800 megawatts-hora por ano, o suficiente para abastecer 225 residências. O projeto, inclusive, ganhou o prêmio Swins Watt D’or, sendo reconhecido como o melhor projeto de inovação em energia renovável.


A usina solar nesta altitude tem algumas vantagens importantes que a fazem ser bem mais eficientes do que as que estão bem mais próximos do nível do mar. O motivo principal é que, estando numa atitude elevada, a radiação do sol é bem mais forte.


Segundo a Romande Energie, os números provam isso. Os painéis solares situados há altitudes elevadas podem coletar até 50% mais energia do que as outras que estão próximas ao nível do mar.


O projeto da usina solar flutuante em grande altitude está sendo testado há dois anos. A ideia é coletar dados e procurar as melhores formas de replicar o modelo ao redor do mundo. Assista, abaixo, o vídeo do projeto.


Empresas buscam implementar painéis solares em espaços alternativos.

Com o crescimento da energia eólica no planeta, as empresas do setor buscam formas de implementar mais rapidamente as usinas em escala global. Painéis solares flutuantes são uma grande aposta. Além não precisar de terras exclusivas para o setor, ainda ajudam os lagos e rios, impedindo uma grande evaporação da água.



Fábio Lucas

Fonte: Clickpetroleoegas

14 visualizações0 comentário