Buscar

Preço médio do diesel cai 0,06% na semana encerrada em 28 de julho, diz ANP

O preço médio do diesel nos postos de combustíveis do Brasil caiu 0,06 por cento na semana passada ante a semana anterior, em meio a esforços do governo federal para cortar os preços do combustível, após a greve dos caminhoneiros contra os altos valores em maio. O diesel —combustível mais consumido do país— teve um valor médio nos postos brasileiros de 3,378 reais por litro na semana encerrada em 28 de julho, ante 3,38 reais na semana anterior, segundo dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Um programa de subsídio ao diesel fóssil vendido em refinarias e por importadores foi lançado após a greve dos caminhoneiros, para reduzir os preços. O diesel vendido

Polícia investiga BR, Ipiranga e Raízen por suspeita de controle de combustíveis

A Polícia Civil do Paraná deflagrou nesta terça-feira operação para prender gerentes e assessores comerciais das distribuidoras de combustíveis BR, Ipiranga e Raízen, as três maiores do país, por suspeita de formarem uma quadrilha para controlar o preço final dos combustíveis nas bombas dos postos de gasolina, informou a polícia paranaense. Foram expedidos pela Justiça 8 mandados de prisão e 12 de busca e apreensão, tendo entre os alvos as sedes administrativas das distribuidoras suspeitas de envolvimento na capital paranaense, acrescentou a polícia. “A suspeita é que estas distribuidoras controlam de forma indevida e criminosa o preço final dos combustíveis nas bombas dos postos de gasolina

DATAGRO: Crise agravada por morte súbita da safra de cana não afasta investimento visando Renovabio

O ambiente desanimador da safra de cana 18/19, que acabará sendo carregado para o próximo ciclo – espremido pelo aumento da dívida das usinas turbinado por mais um período de açúcar em baixa – não está sendo obstáculo para dinheiro novo entrar no setor com vistas ao RenovaBio. Não se trata de mero otimismo, no caso da visão do consultor Plínio Nastari. Trata-se de indicações “claras”. O presidente da Datagro aponta os 23,5 mil empregos gerados em pólos importantes da cadeia sucronergética, mais próximos de segmentos das indústrias de base, especialmente no eixo Jaboticabal-Sertãozinho-Ribeirão Preto. “Isso demonstra que as empresas estão começando a ampliação de suas capacidades, bem como em

Cade aprova aquisição do controle da Alesat pela Glencore Oil

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições a aquisição, pela Glencore Oil, de 78 por cento de participação societária indireta na Alesat, de acordo com despacho no Diário Oficial da União desta segunda-feira. A Alesat é controladora do Grupo Ale e atua na compra, armazenagem, venda e distribuição de combustíveis e lubrificantes, além de exploração de lojas de conveniência. Já a Glencore Oil pertence à gigante internacional Glencore, que tem operações em diversos mercados, como commodities agrícolas, mineração e petróleo. Segundo o Cade, trata-se de uma aquisição de controle que abrange todas atividades econômicas do Grupo Ale no Brasil. Em documentos enviados

Estiagem amplia a quebra da safra de cana no centro-sul

Incêndio na região de Araraquara, no interior paulista: consultorias têm reduzido suas estimativas para a moagem de cana A estiagem que atinge o Centro-Sul do país desde abril está acentuando a já esperada quebra da atual safra de cana, a 2018/19, e pode prejudicar a próxima temporada (2019/20). A situação é agravada por incêndios decorrentes da seca e pela falta de renovação das lavouras. Ainda não há projeções para a próxima safra, mas as estimativas para o ciclo atual têm sido reduzidas nas últimas semanas. Até a quarta-feira passada (dia 25), praticamente todo o Estado de São Paulo e Mato Grosso do Sul, além de áreas do Triângulo Mineiro e do norte do Paraná, estavam sem chuvas por um pe

Nova fase de programa de subsídio ao diesel deverá ser de agosto a dezembro, diz ministério

O governo deverá publicar nesta semana decreto para a criação de nova fase do programa de subsídio ao diesel, abarcando o período de agosto a dezembro, afirmou à Reuters o secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia, Márcio Félix. A atual fase termina na terça-feira e a nova, disse Félix, deverá ir até 31 de dezembro. “Sairá um novo decreto, creio que ao longo da semana”, disse Félix, evitando entrar em detalhes sobre possíveis mudanças em relação às duas fases anteriores. Em declarações passadas, o presidente da Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom), que representa nove importadoras, Sérgio Araújo, disse que o preço base estabelecido como referência para

Preço médio do diesel nos postos do país volta a cair, mostra pesquisa da ANP

O preço médio do diesel nos postos do Brasil voltou a cair na semana passada, após registrar na semana anterior a primeira alta semanal desde a instituição de um programa de subsídios do governo federal a fornecedores como a Petrobras e importadores. O valor médio do diesel —combustível mais consumido do país—, nos postos brasileiros, atingiu 3,38 reais por litro na semana encerrada em 21 de julho, queda de 0,2 por cento ante a semana anterior, segundo dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Na semana encerrada em 14 de julho, os postos registraram uma leve alta ante a semana anterior, encerrando uma série de cinco quedas consecutivas desde o início do pro

Bunge negocia venda de parte de trading de açucar

A Bunge, gigante americana do agronegócio, negocia a venda de parte de sua unidade de trading de açúcar com a Wilmar International, uma das maiores negociantes de commodities agrícolas da Ásia, disseram pessoas informadas sobre o assunto. As negociações se concentram na carteira de trading da Bunge na Ásia, disseram as pessoas, que pediram para não ser identificadas porque as discussões são privadas. Se o acordo sair, a Wilmar terá acesso à Tailândia, a segunda maior exportadora de açúcar do mundo, e também a clientes nos principais países importadores, disseram as pessoas. As tradings de açúcar têm tido dificuldades para ganhar dinheiro nos últimos tempos devido ao excedente recorde, que li

Seca acende aletra para safras de cana e de café no Brasil em 2019

A severa estiagem no centro-sul do Brasil, que vem desde o outono, acendeu o sinal de alerta para as safras de café e cana do próximo ano, uma vez que tais culturas tendem a chegar ao período úmido, a partir de setembro, sem muita margem para chuvas abaixo da média, disseram especialistas à Reuters. Por ora, a seca tem contribuído para o avanço da colheita das lavouras, mas o foco já se volta para as precipitações futuras, uma vez que o solo está com umidade bem reduzida em alguns locais, especialmente Paraná e São Paulo. “O sinal de alerta está ligado, porque nesse período de abril até julho choveu bem abaixo da média. Isso já está afetando a safra de cana em andamento e a próxima vai depen

ANP descarta impor frequência de reajuste de combustível, quer divulgação de preço

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) deverá colocar em consulta pública, em cerca de 30 dias, uma minuta de resolução que pretende dar maior transparência para o setor de combustíveis, e a reguladora ainda descartou estipular uma frequência para os reajustes dos preços de diesel e gasolina. O diretor-geral da ANP, Décio Odonne, disse a jornalistas nesta quinta-feira que a agência buscará na minuta que fornecedores do mercado, como a Petrobras, publiquem preços praticados por pontos de venda e não a média nacional, método atualmente praticado pela petroleira estatal. Oddone calcula que a resolução já poderá entrar em vigor em cerca de 60 dias e preferiu não entr

Das 307 usinas autorizadas pela ANP, 140 estão com documentação pendente

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) é a responsável por regular o setor de etanol há mais de seis anos. Ainda assim, a relação entre as usinas e o órgão possui muitas arestas a serem aparadas. Uma delas está em um dos aspectos mais primários desse vínculo: as autorizações para produção. Recentemente, a Resolução nº 26/2012, exclusiva para o setor de etanol, foi substituída pelo marco regulatório que unifica as regras para todos os biocombustíveis. O novo texto, entretanto, manteve uma requisição que muitas companhias estão com dificuldades em cumprir: a apresentação do Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do Setor Público (Cadin) e das certidões negat

Comissão de mudanças climáticas discute RENOVABIO e RENOVACALC

O RenovaBio foi tema de audiência pública na Comissão Mista Permanente sobre Mudanças Climáticas (CMMC) do Congresso Nacional, no dia 11, com a participação de representantes dos diversos setores envolvidos na cadeia produtiva de biocombustíveis. A Embrapa esteve presente apresentando a RenovaCalc, plataforma desenvolvida pela Empresa, em parceria com o Laboratório Nacional de Ciência e Tecnologia do Bioetanol (CTBE), o Agroicone e a Faculdade de Engenharia Mecânica da Unicamp, que será responsável pelo cálculo da nota de desempenho ambiental da produção de biocombustíveis. O programa está em fase de regulamentação e entrará em vigor a partir de 2020. Segundo o chefe-geral da Embrapa Meio Am

A gasolina depois da eleição

A paralisação dos caminhoneiros contra a alta dos preços dos combustíveis, sobretudo do diesel, provocou a saída de Pedro Parente da presidência da Petrobras e colocou o tema na agenda eleitoral deste ano. Quem for eleito em outubro terá de definir uma política para a estatal que afaste o risco de novos protestos a partir de janeiro. O movimento do fim de maio durou dez dias e afetou o abastecimento e a circulação no país. Os preços vinham subindo quase diariamente por causa da alta da cotação do petróleo no exterior e do aumento do dólar. Pressionado, o governo recorreu ao Exército para reforçar a segurança, anunciou um desconto no preço do diesel, mas ainda há pendências como o tabelamento

As Usinas e o impacto do tabelamento dos fretes

O tabelamento do frete nas estradas está elevando os custos de transporte para as indústrias Com as mudanças recentes feita pelo Governo Federal para atender as reinvindicações dos caminhoneiros, o foco na administração dos custos não pode ficar somente na quantidade de combustível utilizado no processo, ou seja, quem consome mais, gasta mais. O foco passa em administrar o impacto do transporte nos demais custos de produção e esse impacto será grande até para aqueles que já estão no limite dos esforços de economia, fazendo uma boa gestão sobre seus números e principalmente nas operações da área agrícola. O impacto será indiferente para as empresas que não conseguem fazer a sua gestão focada

Preço do etanol despenca no país após greve de caminhoneiros

Opção preferida dos motoristas neste ano, o etanol hidratado despencou na porta das usinas desde o fim da greve dos caminhoneiros até meados de julho. O motivo foi a dificuldade das empresas para escoar o volume represado em maio, aliado à produção elevada. Analistas e usinas creem, porém, que os preços chegaram ao fundo do poço desta safra, a 2018/19. Da primeira semana de junho até a segunda semana de julho, o valor que as usinas paulistas receberam por um litro de etanol hidratado, já descontados impostos, caiu 13,6%, conforme o indicador Cepea/Esalq. Na semana passada, o indicador ficou em R$ 1,4652 por litro. Até então, mesmo usinas mais capitalizadas preferiam vender etanol às distribu

Milho também estará no centro dos debates na quarta do Global Agribusiness Forum

Evento reúne diversos experts do Agronegócio Mundial Segundo grão mais importante em produção no Brasil, o milho passa por um momento bastante positivo, mesmo que os resultados da safra 2017/18 sejam um pouco menores que da anterior. A área plantada tem se mantido significativa e o mercado externo é bastante favorável para esta cultura. Soma-se a isto, os investimentos na construção de usinas de etanol a base de milho, principalmente no Mato Grosso, cuja demanda pelo cereal é crescente, criando um novo círculo de prosperidade para este produto. “Estar no meio de importantes líderes, executivos de negócio, pesquisadores para discutir o tema Milho, é uma grande oportunidade, algo muito rico qu

Irlanda deve ser primeiro país a deixar de investir em combustíveis fósseis

Grande tanque de combustíveis em Dublin da empresa Top Oil, uma das líderes de mercado na Irlanda - Eric Jones Lei aprovada na última semana deve ser sancionada pelo primeiro-ministro. Embora a Noruega, a maior produtora de petróleo da Europa, ainda não tenha decidido se acatará a recomendação de desinvestimento, a sugestão mesma é m sinal de que a confiança no futuro do negócio do petróleo está em baixa mesmo em um dos principais produtores da commodity. Na última quinta (12), a Irlanda votou em favor da retirada de seus investimentos públicos em combustíveis fósseis, desdobramento que representa o mais significativo avanço até hoje na campanha mundial dos ambientalistas pelo desinvestimen

Etanol de milho é alternativa de investimento para o Centro-Oeste, aponta Agroicone

A produção de etanol de milho, nova frente de investimentos no campo brasileiro, especialmente no Centro-Oeste, tem potencial não apenas para dar vazão à colheita do cereal, como também se firmar como alternativa importante para o agricultor, além de colaborar para tornar a matriz de combustíveis mais limpa no País. “Projetos já implantados ou em fase de estudos podem, também, agregar dezenas de bilhões de reais às economias de polos que receberem novas usinas”, informa Marcelo Melo Ramalho Moreira, sócio da Agroicone e um dos pesquisadores responsáveis pelo estudo realizado pela empresa. Moreira destaca alguns benefícios proporcionados por essa atividade. “Do ponto de vista socioambiental,

ANP muda regras para autorizar produção de etanol e simplifica documentação

Marco regulatório derruba oito resoluções e unifica regras para biocombustíveis. Com o objetivo de tornar a regulamentação referente à produção de biocombustíveis mais simples e menos burocrática, a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) optou por derrubar oito resoluções vigentes e unificar as regras em um único marco. Desde o começo de julho, as normas que autorizam as companhias a produzir biocombustíveis e operar uma usina estão em apenas um documento: a Resolução ANP nº 734/2018. O caminho até a publicação em Diário Oficial foi longo. Em 2017, a ANP realizou reuniões com agentes de mercado e, na sequência, elaborou uma minuta. O documento passou por um process

Frete impede ganho de produtores de soja com guerra comercial

Produtores de soja do Brasil estão perdendo a oportunidade de ampliar exportações para a China. De acordo com eles, o aumento do custo do frete após a aprovação da tabela mínima de preços do frete do transporte de cargas, calculado entre 25% a 40%, pode reduzir a competitividade do produto nacional e anular o “prêmio” (valor extra) que importadores oferecem no momento. As vendas futuras da próxima safra estão suspensas desde o início das negociações dos caminhoneiros com o governo, após a greve que paralisou o transporte de cargas no País no fim de maio. O motivo, diz o presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho (Aprasoja), Bartolomeu Braz Pereira, é que os produtores ainda não